DEPRESSÃO, ANSIEDADE, TRAUMAS. É A VIOLÊNCIA, AFETANDO A SAÚDE MENTAL ...

DEPRESSÃO, ANSIEDADE, TRAUMAS. É A VIOLÊNCIA, AFETANDO A SAÚDE MENTAL por Ivan Rodrigues

56
0
COMPARTILHAR

Gente desconfiada, andando com medo pelas ruas, evitando sair à noite. Cada vez mais gente portando armas e utilizando veículos blindados. Tem sido assim no Rio de Janeiro, uma cidade que há muito tempo não oferece mais segurança para ninguém. A violência passou a fazer parte do dia-a-dia do carioca, e não sai do noticiário da imprensa.

Roubos, assaltos, homicídios, muitos policiais morrendo. Isso tem provocado um outro fenômeno, segundo pesquisas da Universidade Federal do Rio de Janeiro e outros Institutos: a violência está afetando a saúde mental dos moradores, provocando depressão, ansiedade e outros efeitos traumáticos.

Muitas pessoas falam em fazer justiça pelas próprias mãos, ou pelo menos recorrem a armas de fogo tentando se proteger. Hoje, qualquer pessoa pode comprar uma arma, desde que preencha os requisitos exigidos por lei. Nesse caso, o melhor é se cercar de garantias e procurar um escritório especializado, como do advogado Misael Antônio de Sousa, em São Paulo (11.2185-9777). Ele alerta que o porte de um revólver sem autorização pode acarretar sérias consequências, até com prisão.

São Paulo não fica distante do Rio na questão da violência.  Números da Secretaria de Segurança Pública indicam que, só em 2017, já foram registrados mais de 80 mil roubos em São Paulo, quase 100 mil furtos, e cerca de 400 homicídios. A cada cinco dias, acontecem dois casos de latrocínio – roubo seguido de morte. E crescem as estatísticas de estupros: cerca de 1200 registros, só neste ano.

 

 

SEM COMENTÁRIOS

Comments are closed.