MEU SEBO PARTICULAR por Mário Rubial

MEU SEBO PARTICULAR por Mário Rubial

107
0
COMPARTILHAR

Desde cedo convivo com livros. Gosto de ler, e meu maior incentivador foi o professor de Literatura no Colégio Pais Leme em São Paulo: Itúrbides Bolivar de Almeida Serra.

Anos 60, suas aulas eram um show. Baixinho e uma bela barriga de cerveja, nos deliciava com as histórias dos grandes mestres da literatura. E, como suas aulas terminavam por volta do meio dia, continuávamos o papo no Simbad, uma lanchonete que ficava ao lado do Pais Leme,em plena Rua Augusta. E lá, tomávamos um chopinho na companhia do querido mestre.

Vida que segue.

Tenho o hábito de passar adiante os livros que leio.

Guardo apenas os que me tocam o coração e de alguma maneira, marcaram minha vida.

E que formam meu sebo particular.

Foi assim que reli um livro do Millôr Fernandes. Meu ídolo de todos os tempos. Intelectual sem frescuras.

Um livro que é uma belíssima gozação com o idioma inglês.

O que fez o gênio?

Apanhou frases, citações, gírias em português, ou melhor dizendo, em brasileiro, e verteu para o inglês. DI-RE-TO!

Começa pelo título do livro: “THE COW WENT TO THE SWAMP”. OU SEJA: “A VACA FOI PRO BREJO”.

E outras pérolas:

“RODAR A BAIANA”. “TO WHIRL THE OLD WOMAN FROM BAHIA”.

“ESTÁ COM A PULGA ATRÁS DA ORELHA”. “HE IS WITH THE FLEA BEHIND THE EAR”.

“CAGANDO E ANDANDO”. “SHITTING AND WALKING”.

“PIMENTA NO CU DOS OUTROS É REFRESCO”. “PEPPER IN OTHER PEOPLE’S ASSHOLE IS A REFRESHMENT”.

O livro é um grande barato. E eu comprei vários exemplares ao longo da minha vida profissional, para presentear os gringos que recebíamos no Brasil.

Sempre foi um grande quebra-gelo, e eles achavam o máximo. Obviamente, nossas gírias não faziam o menor sentido para os gringos. Daí o sucesso, depois de explicarmos, tim-por-tim,  o significado na língua tupiniquim.

E para terminar, uma crônica do Sérgio Porto.

Um avião americano, dirigindo-se para o Rio de Janeiro, teve uma pane.

Estava sobrevoando a Bahia e, como precaução, o piloto chamou a torre de controle mais próxima. Que ficava em Barreiras.

Era um aeroporto meia-boca, e o controlador do aeroporto, falando um inglês pra lá de lamentável disse ao piloto:

– Ok, you land. But se der bode, I’ll take my body out.

Felizmente deu tudo certo.

DICA DE BOTECO

Churrascaria Estância Campo Belo

Av. Vereador José Diniz, 3271

Telefone: 5093-3717

Campo Belo – Sampa

Um bom rodízio. Carnes excelentes, assadas no ponto certo.

Para quem gosta de comer bastante e sem pressa, vale a pena.

 FRASE DE BOTECO

“It cost me the eyes of the face.”

No melhor estilo do Millôr , “CUSTOU-ME OS OLHOS DA CARA”.

Que poderia ser dito pelo Temer, após o Congresso negar autorização para afastá-lo da presidência.

SEM COMENTÁRIOS

Comments are closed.