E QUEM INVENTOU O ALFABETO? por Mário Rubial

0
352

Envelhecer é uma merda. Mas… é bom.

Por alguma química que não sei identificar, lembro só das coisas boas. Belas histórias, bons momentos e, principalmente, dos amigos.

Caramba, como fui feliz. Privilegiadíssimo pela quantidade de amigos que colecionei. Me ajudaram, ampararam.

Mas deixemos de lado as emoções, que são minhas, claro, e contar passagens engraçadas.

Edmilson Moura por exemplo, o Mourinha, foi uma das pessoas mais honestas e coerentes que conheci na vida.

Duas histórias bem interessantes.

Anos 90, mais ou menos, nosso amigo Fausto Camunha foi conduzido à Secretaria de Esportes de São Paulo. E como não é bobo, tratou de cercar-se dos melhores assessores. E, para a área de marketing, levou o Mourinha.

Burocracia, formalidades, lá foi Mourinha para uma entrevista na área de Recrutamento.

Pergunta o Supervisor do Departamento:

– O senhor é formado em Marketing?

– Perfeitamente – responde o Mourinha.

– Pode me apresentar o diploma?

Mourinha responde:

– Não tenho. Fui da primeira turma da Escola Superior de Propaganda e Marketing e, naquela época, anos 60, havia a necessidade de esperar, pelo menos, mais cinco turmas para que o Ministério de Educação iniciasse a entrega dos diplomas. E passados tantos anos, trabalhado nas maiores agências de publicidade, TV Globo, Editora Abril etc. etc., não vejo necessidade de diploma. É só verificar minha Carteira Profissional e comprovar.

Responde o Supervisor.

– Que pena, é necessário o diploma.

Mourinha, que nunca perdia uma discussão, sai com a seguinte resposta:

– Meu caro Supervisor. Você sabia que o sujeito que inventou o alfabeto era analfabeto?

Matou a pau. E contratado, claro.

Mais outra do Mourinha, que quase provoca uma crise governamental:

Foi contratado pelo Banco do Brasil para desenvolver um projeto cultural.

Contrato de 24 meses, pagamento mensal pela consultoria.

Depois de alguns meses, foi chamado em Brasília.

O responsável comunica que, por mudanças na Diretoria, o projeto estava cancelado.

 – Ok – responde o Mourinha.

Explica o tal responsável:

 – Mas você continuará recebendo seu dinheiro até o final do contrato.

Diz  Mourinha, indignado:

– Receber sem trabalhar?

– Perfeitamente – diz o canalha burocrata, sem saber que na sua frente estava um homem honestíssimo que jamais transigiu com nenhuma irregularidade.

Mourinha fez um escândalo tão grande diante da proposta absurda, que os amigos mais próximos tiveram de interferir. Caso contrário, cairia a República, rsrsrs…

Que privilégio o meu, ter sido amigo do Mourinha.

FRASE DE BOTECO

O melhor amigo do homem é o whisky. O whisky é o cachorro engarrafado.

Vinicius de Moraes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

três × cinco =