Gente Que Fala – 10.07.2019

0
65

O Programa Gente Que Fala dessa quarta-feira recebeu os convidados:

O médico nutrólogo Fernando Cerqueira;

O advogado Heber Eduardo, especialista na área de saúde;

A médica dermatologista Bárbara Carneiro e

O médico veterinário Odemilson Donizete Mossero, vice-presidente do CRMV-SP.

Seguindo a pauta apresentada pelo jornalista Mauro Frysman, conversaram sobre os seguintes assuntos:

Alimentação pode aumentar sua imunidade no inverno – Nessa estação, problemas respiratórios se tornam mais comuns pela aglomeração de pessoas em ambientes fechados, que facilitam a circulação de vírus e bactérias. Para auxiliar os que buscam prevenção, uma alimentação adequada pode ajudam a fortalecer a criar imunidade;

Portadores de doenças crônicas recorrem por medicamentos – Na semana em que o STF decidiu que a União não é obrigada a fornecer todo tipo de medicamento de alto custo, a Heber Advogados ganhou ação para que um portador de fibrose cística, doença rara e grave, receba os remédios necessários a seu tratamento. O Orkambi 200/125 mg foi concedido na decisão com caráter de urgência e traz melhorias rápidas e prolongadas, reduzindo a hospitalização dos pacientes;

Tratamento nefertite é a bola da vez – Famosa por seus traços perfeitos, a rainha egípcia Nefertiti hoje dá nome a uma técnica dermatológica que usa a toxina botulínica para rejuvenescer a área do pescoço e evitar a formação da papada: Nefertiti Lift;

Febre Aftosa: SP deve vacinar 11 milhões de animais –  O objetivo é diminuir as incidências de formação de abcessos nos animais e dar sequência ao Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa, que prevê a retirada total da vacinação até 2021;

Entidades criticam benefícios à indústrias de refrigerantes – Decreto do presidente Jair Bolsonaro eleva o benefício fiscal para a indústria de refrigerante; a medida vai na contramão de ao menos 40 países que aumentaram impostos sobre bebidas açucaradas para prevenir e controlar doenças. O consumo dessas bebidas está entre as principais causas de obesidade, diabetes e cáries em todo o mundo;

Como a internet pode estar transformando nosso cérebro? – Pesquisadores de 9 universidades, entre elas Oxford e Harvard, decidiram avaliar o impacto da internet em nossa cognição – o processo de aquisição, armazenamento e interpretação dos estímulos e das informações. A conclusão é que a rede parece estar mudando a estrutura anatômica e o funcionamento do nosso cérebro. E isso está acontecendo, principalmente, nas regiões associadas à atenção, à memória e às habilidades sociais.

Perdeu o programa de hoje? Assista agora!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

3 × um =