Gente Que Fala – 10.02.2020

0
42

O Programa Gente Que Fala desta segunda-feira conversou sobre Política, Meio-Ambiente e Atualidades, com a participação dos convidados:

O economista, sempre deputado e senador José Aníbal, do PSDB;

O advogado Estácio Airton, especialista na área de Direito Trabalhista;

A jornalista e radialista Sonia Consiglio Favaretto, membro externo do Comitê de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da Petrobras, diretora da CDP Latin America e da Rede Brasil do Pacto Global;

O deputado federal Coronel Tadeu, filiado ao PSL.

A pauta, apresentada pelo jornalista Mauro Frysman, contemplou os seguintes assuntos:

Chuva forte provoca caos em São Paulo – As fortes chuvas que atingem a cidade de São Paulo desde ontem causaram alagamentos, deslizamentos e quedas de árvores, além de caos no trânsito em todas as regiões, com pelo menos 8 rios transbordados invadindo as marginais. Agora há pouco, o Secretário Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, recomendou que as pessoas evitem sair às ruas;

Governo pressiona Congresso por reformas – Na mensagem encaminhada ao Congresso Nacional na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro cita como prioridades para a pauta do Legislativo a reforma tributária, o pacto federativo, a PEC Emergencial, a privatização da Eletrobras, a diminuição de fundos criados por lei e a autonomia do Banco Central;

Europa condiciona investimentos à preocupação ambiental – No ano passado, o Brasil ficou em 4º lugar no mundo em recebimento de investimento estrangeiro, atrás dos Estados Unidos, China e Cingapura, segundo dados da ONU. O montante chegou a 75 bilhões dólares, valor que teria sido muito maior se o Brasil não tivesse dito não à sustentabilidade; especialistas afirmam que o mercado europeu tem 70 trilhões de dólares à disposição de empresas e governos comprometidos com a agenda ambiental;

Miliciano Adriano Nóbrega é morto por policiais na Bahia – suspeito de participar do suposto esquema de “rachadinha” de Fabrício Queiroz no gabinete de Flávio Bolsonaro e de envolvimento no assassinato de Marielle Franco, em março de 2018 e apontado como o chefe do “Escritório do Crime”, o ex-capitão do Bope Adriano Nóbrega, conhecido como Capitão Adriano, morreu ontem em confronto com policiais na Bahia.

Perdeu o Gente Que Fala de hoje? Assista agora!

J

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

um + 1 =