Justiça FEITA

Justiça FEITA

389
0
COMPARTILHAR

Há alguns meses (julho/15) acompanhamos o caso do jovem ator Matheus Braga, aguardando o alvará de autorização para atuar em seu 7˚ musical, “Memórias de um Gigolô”. Baseado no romance de Marcos Rey, com adaptação e direção de Miguel Falabella, este musical prestava homenagem à São Paulo dos anos 30, contando a história das memórias de um “Gigolô”, com uma linguagem poética, com músicas (de Josimar Carneiro, letra de Miguel Falabella) que nos remetia a esse período que não existe mais, num tom leve, onde todos que assistiram se emocionaram com a beleza e a riqueza de cada cena. Muitos profissionais envolvidos em apresentar o seu melhor, como por exemplo, nas coreografias, dirigidas pela querida Fernanda Chamma com a produção de Sandro Chaim, enfim mais uma super produção brasileira para oferecer à população que poucas opções de boa cultura tem. Infelizmente por decisão do Juiz da vara do Trabalho de São Paulo, Dr. Flávio Bretas Soares a participação do Matheus, foi vetada. O musical seguiu, após sua temporada em São Paulo, para o Rio de Janeiro e lá novamente foi entregue ao juizado o pedido de alvará de autorização para Matheus atuar, cantar e dançar no musical. Para não surpresa de todos e bom senso, primando sempre pelo bem estar do menor, a decisão do pedido de alvará, foi positiva e o Matheus pode, enfim, participar e abrilhantar o musical ao lado de grandes atores como Marcelo Serrado, Mariana Rios, Leonardo Miggiorin e grande elenco.

Veja trechos da participação do Matheus nas apresentações no Rio de Janeiro no Teatro Oi Casa Grande:
Parabéns ‪#‎matheusbraga‬ !!!

SEM COMENTÁRIOS

Comments are closed.